O escritório possui algumas modalidades de consulta que pode disponibilizar, caso a caso, aos clientes interessados:

1) Consulta gratuita – É a modalidade mais comum e usual, quando os casos não possuem especificidade e uma estratégia especial não é traçada. Neste caso, após breve análise do caso, é apresentado um orçamento. O cliente, pela relação criada, deve expor suas dúvidas e, principalmente, dar um posicionamento quanto à sua decisão, mesmo que temporária. O escritório, em contrapartida, não deve questionar a decisão do cliente.

2) Consulta paga – É oferecida quando, além do usual, o cliente solicita uma análise específica sobre determinado ponto ou sobre uma estratégia a ser traçada. Este caso enseja a cobrança de honorários pela consulta.

3) Consulta paga com parecer – É oferecida quando o cliente necessita de um parecer por escrito do advogado sobre determinado tema.

É importante dizer que nenhuma consulta é cobrada sem prévio aviso ou comunicação. Não há surpresas. Se nada for avisado previamente, o caso é de consulta gratuita.

As consultas podem ser efetuadas presencialmente ou remotamente, a combinar.